Arator 5B

Gerente de Desenvolvimento de Software

Período

2017-Atual

Parceiro

XMobots

O Arator 5B é o primeiro drone brasileiro a obter uma autorização de projeto emitida pela ANAC, sendo, até então, o único autorizado a voar acima de 400 pés e a uma distância superior a 500 metros. O Arator 5B é um marco na história da aviação brasileira.

O ARATOR 5B

O Arator 5B é o primeiro drone brasileiro a obter uma autorização de projeto de RPAS emitida pela ANAC, sendo, até então, o único autorizado a voar acima de 400 pés e a uma distância superior a 500 metros. O Arator 5B é um marco na história da aviação brasileira.

Assim como sua versão anterior (5A), ele é um drone portátil de alta tecnologia, líder de mercado em sua área e o mais avançado drone de pequeno porte desenvolvido no Brasil.

  • Sistema enxuto: além da aeronave, o Arator é composto por apenas uma antena de comunicação e uma Estação de Controle.
  • Autopiloto desenvolvido pela XMobots com SoC ARM de 1GHz, rodando RTOS QNX;
  • Software de Estação de Controle em tempo real, desenvolvido pela XMobots (chamado XPlanner), utilizado nas fases de planejamento, execução e pós-processamento dos voos;
  • Todo seu software foi feito em observância aos requisitos presentes na RBAC 94, que é a norma que define os requisitos necessários para que um drone possa operar de forma legal no Brasil.

MINHA ATUAÇÃO

Neste projeto atuei como gerente de desenvolvimento de software e desenvolvedor ativo, com grande ênfase nos softwares da Estação de Controle. Criei, primordialmente, softwares para operação e monitoramento do Arator. Além disso, atuei diretamente junto à ANAC no processo de certificação, analisando requisitos, definindo estratégias para cumprimento desses requisitos e elaborando relatórios de conformidade do sistema à RBAC 94.


Solenidade de entrega de documentação de Autorização de Projeto na ANAC.